Estafa Mental e Músculo Involuntário

A Srta. Estafa caminhava tranqüilamente pelas ruas do centro da cidade. Numa tarde agradavelmente nublada, o que lhe restava era caminhar por entre as barraquinhas da feira de livros da Cinelândia – e, quem sabe, encontrar aquele único volume que falta da coleção dos Livros de Sangue de seu amado Clive Barker.

E lá foi a Srta. Estafa, sobrenome Mental, enveredar pelo caminho das letras. E frases inteiras também, como diria aquela pixação antiga na frente da Faculdade de Letras.

O Sr. Músculo tinha um modo de andar extremamente peculiar: uma hora se encolhia, outra se destendia. As pessoas em volta tentavam não reparar o reparável, e obviamente reparavam e sorriam no canto de seus lábios. Numa tarde inexplicavelmente abafada, tudo o que lhe restava fazer era procurar uma carrocinha de pamonha. Este era o seu doce favorito.

E lá foi o Sr. Músculo, sobrenome Involuntário, buscar um modo de saciar sua fome.

Aconteceu o esperado: eles se esbarraram, se apaixonaram e resolveram ficar juntos.

O problema é que tudo isso aconteceu dentro de mim, e desde então eu tenho sentido uma estafa mental horrível – e determinado músculo nas minhas costas se move involuntariamente.

Alguém me passe o gelol, faizfavorr.

Anúncios

Autor: Lis

A wicked witch.

2 comentários em “Estafa Mental e Músculo Involuntário”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s