O coração livre

Você não sabe para onde vai, mas ainda assim

A luz lhe parece tão intensa, tão certa e forte…

A algum lugar ela deve guiar

Algum belo lugar

Por mais que apenas nas sombras se possa mostrar

O mapa agora se abre

E nesse instante você deseja que nunca se acabe

O vinho em sua taça, a voz em seus ouvidos

E os sentidos se rompem em mil pensamentos

Turvos, bravios e cinzentos

Antes o coração livre muito cedo

Que o espírito preso – pois então seria muito tarde.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s