As mulheres da minha vida

Com minha mãe, aprendi o valor da educação, independência, integridade. Estude, minha filha, para que você tenha instrução, e para que tenha um bom trabalho e não dependa de ninguém – ela sempre me dizia. Aprendi também que, por mais torta e obscura fossem as minhas escolhas, ela sempre estará ao meu lado – para me parabenizar ou me consolar, para me fazer perceber onde acertei e onde errei. Com a minha mãe, aprendi a amar.

Com minha avó, aprendi a dar carinho e fazer cafuné. E com ouvidos atentos, passei a escutar as histórias de sabedoria de sua vida humilde. Aprendi História, Música e Culinária – mesmo que essa última em menor escala. Aprendi que por mais diferentes sejam as nossas crenças e religiosidades, o respeito e o amor não vestem nenhuma doutrina. Com minha avó, aprendi a amar.

Com minhas irmãs, aprendi a dividir – e que é muito melhor somar e multiplicar do que dividir a atenção. Aprendi que por mais que sejamos diferentes, somos frutos de uma árvore única e estamos sempre tentando florescer o melhor que há em nós. Aprendi a tentar ser um exemplo, a ensinar a lição de casa e algumas lições da vida. Com minhas irmãs, aprendi a amar.

Com minhas amigas, aprendi a rir de mim mesma, a dançar como se estivesse sozinha no mundo, a ler livros novos, a falar outras línguas. Com minhas amigas, chorei muitas vezes, senti ciúmes outras. Com minhas amigas, aprendi que há irmãs que nos vêm de árvores diferentes – e são lindas. Com minhas amigas, aprendi a amar.

– – –

O Dia da Mulher é todo dia. É quando você a respeita, quando a trata da mesma forma que gostaria de ser tratado. A luta feminina para adquirir esse respeito precisa ser reconhecida e entendida por aqueles que ainda não a compreendem. Neste link há um resumo sobre a importância histórica d0 8 de Março.

Em 1917, passeatas comemorando o Dia da Mulher em São Petesburgo iniciaram a Revolução de Fevereiro. As mulheres entraram em greve exigindo “Pão e Paz”, o fim da Primeira Guerra Mundial, o fim do racionamento de comida na Rússia e o fim do Czarismo. Isso tudo aconteceu no último domingo de Fevereiro – 8 de Março no calendário gregoriano. Esta revolução deu início à primeira fase da Revolução Russa de 1917, derrubou a autocracia do Czar Nicolau II e tentou estabelecer uma república de cunho liberal.

Independente da nossa simpatia política por qualquer ismo, é importante ressaltar que historicamente mulheres vêm sofrendo discriminação de gênero e violência. No Brasil, entre 2001 e 2011, estima-se que ocorreram mais de 50 mil feminicídios (assassinato de mulheres). Isso equivale a aproximadamente 5 mil mortes por ano.

shirtÉ sempre bom lembrar que feminismo não é o antônimo de machismo ou masculinismo. O feminismo objetiva direitos iguais entre homens e mulheres, libertando-nos da opressão patriarcal baseada em normas de gênero. Resumindo: feminismo é a noção radical de que mulheres são pessoas.

Anúncios

Autor: Lis

A wicked witch.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s