Os grandes animes de todos os tempos (da minha memória)

Nesta semana convalescente da dengue dengosa, ando numa preguiça de dar vergonha. Não estou lendo nada (comecei O Reino do Amanhã mas tá foda me animar), não estou vendo nada, não estou indo pra lugar nenhum… Aí outro dia meu namorado me brindou com uma controversa lista de Top 100 animes que você deveria assistir antes de morrer, postada no IGN. Comentamos sobre alguns itens e ontem eu percebi que faltavam algumas obras ótimas, e isso me animou a fazer a lista

Ai ai ai!OS GRANDES ANIMES DE TODOS OS TEMPOS (da minha memória)

– título inspirado na minha lista sobre sambas-enredo.

OBS: Anime é abreviação de ANIMAÇÃO; Mangá é HISTÓRIA EM QUADRINHOS. O que eu vejo de gente dizendo “eu tô vendo o Mangá do Bleach” tá de doer os tímpanos. Então, tu só vê as figuras e não lê os balões?

Outra coisa que é bom alertar é que anime engloba TODA E QUALQUER ANIMAÇÃO, seja feita no Japão, nos EUA ou na Conchinchina. Não se faz distinção também entre serie, filme longa metragem, curta metragem etc.

OBS2: Não tem Card Captor Sakura na minha lista HAOHAOHAOHAOHAOAH

Nesta humilde e depreciável lista, irei abordar apenas animes japoneses. O principal motivo é que se eu fosse juntar com animes ocidentais, este post ficaria XICANTE.

10 – Slayers (1995 – 2009)

Resumo: Que belo jogo maluco de D&D. Resumão aqui.

Comentários: Comédia rasgada com RPG medieval. As minhas temporadas favoritas são a primeira e Slayers Next. E Lina Inverse me inspirou a criar todas as minhas personagens ladinas nos RPG’s que já joguei (RPG de mesa, porque de novo, eu sou velha).

berserk stigma9- Berserk (1997 – 1998)

Resumo: Sangue. Tripas. Violência. Drama. Um cara gigante com uma espada mais gigante ainda. Monstros. É muito bom (resumo melhor aqui).

Comentários: A primeira vez que pensei em fazer tatuagem, escolhi o stigma de Berserk. Ainda não tenho a tatuagem, mas o símbolo continua foda. É uma serie que não é só porrada, monstros e tripas como eu escrevi no meu resuminho: tem muito mais camadas do que isso.

Pirotess!8- Record of Lodoss War (1990 – 1991)

Resumo: 13 episódios de OVA, a história era originalmente um replay (transcrição) de sessões de RPG. Magia, lutas, muito D&D. Teve serie de tv também, mas o meu amor eterno estão nestes OVA’s. Resumo aqui.

Comentário: Tem magia, batalhas, intrigas de poder… E se um dia eu tivesse coragem de fazer cosplay, seria da Pirotess, a Elfa Negra. É muito amor ❤

7- Bastard!! (1992)

Resumo: A linda bundinha do Dark Schneider e a quebra da 4ª parede me ganharam no primeiro episódio. Leia o resumo decente aqui.

Comentários: Magia e nomes de bandas de Rock e Heavy Metal, comédia e loucura insana. Capitão Bonjovina, golpe Guns ‘n Ro… Dark Schneider é um sacana boca-suja e você o adora mesmo assim.

6- Ranma 1/2 (1987 – 1996)

Resumo: Sete temporadas, 13 OVAs (Original Video Animation), dois filmes, um mangá incrivelmente longo e piadas hilárias e nonsense. Vai lá ler na wikipedia que tá melhor que o resumo meia-boca que eu tava tentando escrever.

Comentários: o primeiro mangá em japonês que eu já tive nas mãos. Eu só reconhecia a sílaba “no”, não tinha ideia do que estava acontecendo. Sempre assisti a Ranma com um sorrisão nos lábios e esperando qualquer coisa absurda acontecer.

5- Golden Boy (1995 – 1996)

Resumo: Anime ecchi (6 OVA’s) sobre um cara cabeção que vive de bico em bico, tendo altas aventuras com mulheres lindíssimas. Sem sexo, só alguns peitinhos.

Comentário: É hilário! Eu adoro as alucinações do Kin-chan e aquele caderninho de notas é fenomenal. Não chega a ser hentai (depende do episódio, na verdade), e o ponto positivo na caracterização das personagens femininas é que são todas poderosas, em posição de comando, donas de si. Não tem coitadinha ali. Claro, elas se apaixonam pelo Kin-chan, mas ele é tão adorável (depois de conhecê-lo) que é impossível não gostar do cara.

4- Saint Seiya (1986 – 1989)

Resumo: Se você não conhece Cavaleiros do Zodíaco, você estava em Júpiter desde 1994.

Comentários: Tome isto, eu tenho amigos!

Eu sou uma velha chata e pra mim, Cavaleiros só presta o de raiz mesmo. Assisti e reassisti a todos os episódios da Saga do Santuário, Asgard e Poseidon. Cheguei a ver um ou outro epi de uma das series recentes, mas não me cativou. Eu não endeuso o Kurumada: sei das suas limitações, e o que mais me desagrada é o fato do traço do cara não evoluir. E eu não fico alimentando essa doença de que a serie não pode morrer. Gente, era bom sim, mas chega, né! Tanta coisa aí pra ver…

3- Yu Yu Hakusho (1992 – 1995)

Resumo: Então, se você não conhece Yu Yu Hakusho, estava passando férias em Plutão desde 1997. Yusuke Urameshi, o super bad boy número 1 da escola, morre no primeiro capítulo e vira um detetive espiritual. O CARA MORRE NO PRIMEIRO EPI. Isso já devia te fazer ter vontade de assistir.

Comentário: A melhor dublagem de anime que eu já vi/ouvi na minha vida. “Ah, eu sou Toguro!”, “rapadura é doce, mas não é mole não”, “eu vou pedir ajuda dos universitários”… É um primor!


Mushishi2- Mushishi (2005 – 2006)

Resumo: Em todo o lugar há mushi (insetos) com poderes sobrenaturais. A maioria dos seres humanos são incapazes de perceber os mushi e são alheios à sua existência, mas há alguns que possuem a capacidade de ver e interagir com tais seres. Ginko, o personagem principal, é um Mushishi (termo dado a pessoas que estudam os mushi e desenvolvem formas de lidar com os mesmos) que viaja de um lugar para outro pesquisando e ajudando pessoas que sofrem de problemas causados por eles.

Comentário: Com uma temática completamente diferente de qualquer anime que já assisti, esta serie me prendeu pela sua mitologia e pela delicadeza das histórias. Pode-se assistir aos capítulos fora de ordem (cada epi é uma história fechada), mas para saber mais sobre o Ginko recomendo ir na ordem mesmo. E a música de abertura é muito linda 🙂

1- Ghost in the Shell (1995)

Resumo: Ética, filosofia, tecnologia e alma. É um anime bastante cerebral, então prestenção nos detalhes – e nos diálogos.

Comentário: Eu já assisti a esse filme mais de dez vezes, e sempre me apaixono de novo. A trilha sonora é maravilhosa: a música tema cantada em japonês arcaico é de arrepiar. Vi dois epis da serie de tv, mas não me cativou. Esse é um caso de anime completamente diferente do mangá e cuja adaptação deu certo.

Anúncios

Autor: Lis

A wicked witch.

5 comentários em “Os grandes animes de todos os tempos (da minha memória)”

  1. Gostei muito da lista (tanto essa como a do 11 ao 20), mas sempre que se faz uma lista os leitores também querem dar um pitaco…lá vou eu com a minha….não vou citar os que forem iguais (cdz, yyh e etc), só os que eu acho que também mereciam uma menção honrosa (sem ordem de preferência aqui):

    Rurouni kenshin (samurai X por essas bandas);
    Inuyasha;
    Love Hina;
    Nausicaa do vale dos ventos;
    Princesa Mononoke;
    Principe do tenis e super-campões (embora entenda que esporte seja uma área controversa entre os animes…rs);
    e sakura que vc postou a img mas como bem disse não listou…rs…

    1. Oi! Eu estava esperando pela reação de alguém, hehe
      Concordo com algumas das tuas escolhas. Não quis incluir Studio Ghibli porque amo tudo o que fazem lá e aí ia ser uma lista só de Ghibli. Eles são caprichosos em tudo. Odeio harem anime (um guri e trocentas garotas disputando). Kenshin foi um anime que eu não acompanhei com fervor, gosto, mas menos que os citados nas minhas listas. Card Captor Sakura quase entrou! E anime com temática esportiva realmente não é a minha área…

      1. Concordo, o studio ghibli sozinho merece um post. Com os lançamentos novos no Brasil em dvd/bd pela versátil pude conferir melhor e adorei quase tudo.
        agora, já que estamos nessa de lista, vc não acha q seria legal fazer um dia desses uma de doramas? acho q tb pode bem ser interessante.

        ps: numa nota sobre os animes ainda. lembrando da dublagem de yu yu hakusho que vc mencionou no texto, poxa, pensei aqui, as musicas dubladas tanto de yyh como de inuyasha eu achava sensacional, tão boas (ou em alguns casos até melhores) que as originais….bons tempos..rs…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s