Fazer tudo certinho

Na sala de espera do consultório médico, éramos cinco mulheres e um bebê: a recepcionista que chama todo mundo de “amor”, a mamãe de olheiras profundas, com seu bebê de três meses no colo, a noiva animada e de sorriso nervoso, a senhorinha entrando na menopausa e eu com a cara enfiada no livro, imaginando se elas não poderiam conversar mais baixo.

_ Ah, eu estou muito feliz – disse a mamãe das olheiras. – Apesar de que a gravidez não foi planejada não, sabe.

_ Entendo… Às vezes acontece, vem quando a gente não espera – declarou a senhorinha.

_ Ain, eu não quero filho tão cedo! – a noiva riu seu riso nervoso. – Sou muito nova ainda, e a gente quer fazer tudo certinho. Agora, estamos noivos e procurando apartamento. Ano que vem vamos casar. Aí quem sabe daqui a uns cinco anos, teremos nosso filho.

_ No meu caso, foi tudo ao contrário – respondeu a mamãe. – Primeiro, engravidei; depois é que nos casamos. E ainda estamos morando de aluguel.

_ Ah, tem que fazer tudo certinho, né – concluiu a recepcionista.


jovem

Conheço gente que fez tudo certinho. Casou virgem, na igreja, papel passado, casinha nova. Tudo acabou em traição menos de um ano depois, com o saldo positivo de uma boca a mais para alimentar e o saldo negativo no banco, porque o pai da criança não se dignava a pagar pensão. Conheço também quem casou com o primeiro namorado e eles estão aí, juntos até hoje, dois filhos, família feliz. Conheço quem casou com o primeiro namorado, se separou, mudou a vida completamente, conheceu outra pessoa e está feliz.

Conheço gente que fez tudo ao contrário. Não casou, teve filho depois dos trinta, produção independente, trabalha quase treze horas por dia e diz que nunca foi escrava de ninguém, tira férias todos os anos e viaja para o exterior, levando o filho junto. Conheço também quem passou dos trinta e cinco solteira e sem filhos, preocupada em saber se vai ter grana para ir naquele show no próximo mês, de preferência levando o crush junto.jovem4

Eu voltei para o início do mesmo parágrafo que já havia tentado ler por três vezes, mordi o lábio e guardei meus pensamentos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s