Decreto de posse de armas: Metade das mortes de mulheres é por arma de fogo

Todos os dias leio jornal, escuto rádio, assisto ao noticiário na tv (este último com menos frequência, admito) e não há um só momento em que não fique preocupada com o que chega aos meus cinco sentidos. Todo dia tem caso de feminicídio sendo noticiado. Todo. Santo. Dia. E isso deve aumentar com esse decreto. … Continue lendo Decreto de posse de armas: Metade das mortes de mulheres é por arma de fogo

Eleições 2018: Mulheres que votam no Bolsonaro?

Compartilho aqui o texto da Vera Iaconelli, Diretora do Instituto Gerar, autora de “O Mal-estar na Maternidade” e doutora em psicologia pela USP, publicado na Folha de São Paulo de hoje. Aproveito para lembrar que celebramos em 14 de fevereiro a conquista do voto feminino no Brasil. Leia mais a respeito do sufrágio feminino na matéria … Continue lendo Eleições 2018: Mulheres que votam no Bolsonaro?

Mulher e poder

Compartilho aqui o texto da jornalista Lídice Leão publicado hoje no Jornal do Brasil. Mulher e poder Recentemente tive a oportunidade de assistir a uma palestra da acadêmica britânica Mary Beard, no Festival Feminista #AgoraÉquesãoElas, em São Paulo. A bem-humorada Mary é professora da Universidade de Cambridge, mãe de dois filhos, feminista ativa nas redes … Continue lendo Mulher e poder

Tem que rir

Ontem à tarde, no jornal local, assisti a uma reportagem falando sobre os desafios enfrentados pelas mulheres no mercado de trabalho. O jornal visitou uma fábrica da indústria automobilística da região e algumas funcionárias desta multinacional falaram a respeito do assunto. A íntegra da matéria está aqui. Uma das entrevistadas disse o seguinte: _ Aqui na … Continue lendo Tem que rir

Americanah, de Chimamanda Adichie

Ontem, 20 de novembro, terminei de ler o romance Americanah, da Chimamanda Adichie. O título é uma brincadeira com o modo de uma personagem pronunciar a palavra "americana". É importante dizer que levei apenas oito dias para terminar essa delícia de história com um pouco mais de quinhentas páginas. O estilo da Chimamanda é muito envolvente, … Continue lendo Americanah, de Chimamanda Adichie

“Indy Girls” – personagens femininas na franquia Indiana Jones

Um dos meus sonhos de infância era ser arqueóloga - e a culpa é toda do Indiana Jones. Afinal, quem não quer viver aventuras por aí, descobrir relíquias históricas inestimáveis e dar aulas de arqueologia, atendendo em seu escritório na quarta, mas não na quinta? Neste feriado prolongado, fizemos uma meia-maratona dos filmes do Indiana … Continue lendo “Indy Girls” – personagens femininas na franquia Indiana Jones