Exausta

Resultado de imagem para exausta
Um sentimento resume

No meu compromisso diário de enviar currículos, procurar por vagas de emprego na região e chorar internamente minhas pitangas, tive que ler em grupo de concurso que “cota racial é palhaçada” e toda aquela conversa sobre mérito. Eu ando exausta demais para sequer pensar em debater sobre o que as pessoas preferem ignorar. Se inventarem um chip para internalizar a História do Brasil (e das Américas), quem sabe não teríamos a necessidade de voltar a falar sobre assuntos como racismo, apropriação cultural, desigualdade social e outros espinhos.

Resolvi, então, buscar por aí textos que talvez possam ajudar a expandir nossos horizontes.

Texto 1: A necessidade das cotas raciais em um país como o Brasil

O que achei bacana nesse texto é que a autora vai fazendo perguntas ao leitor, estimulando a autoanálise. É meio longo, mas vale a pena.

Texto 2: Aferição da autodeclaração, uma polêmica necessária para barrar brancos

Este é um texto do portal Geledés Instituto da Mulher Negra. É uma organização da sociedade civil que se posiciona em defesa de mulheres e negros por entender que esses dois segmentos sociais padecem de desvantagens e discriminações no acesso às oportunidades sociais em função do racismo e do sexismo vigentes na sociedade brasileira. Recomendo ir no portal e digitar na busca “cotas raciais”. Há vários textos interessantes para nos ajudar a pensar não sobre este tema.

Texto 3: Uma avaliação do sistema de cotas nas universidades públicas

Entrevista com o professor Naércio de Menezes, professor do Insper e da USP. Quentíssima, é do final de fevereiro deste ano.


Internet não é só pra curtir foto de gatinho e dar like em vídeo engraçado. Também serve para se informar.

Anúncios

Que mentira, que lorota boa

A primeira lei da internet deveria ser: tu te tornas eternamente responsável por aquilo que compartilhas.

Esta semana bombou em todas as redes sociais (e até em portais de notícias) a história de que um golfinho teria sido morto após banhistas o tirarem da água para bater aquela selfie. Isto teria acontecido em algum balneário na Argentina. Assim que li a história, meu radar com desconfiômetro apitou e eu pensei: vamos pesquisar se isso é verdade mesmo.

E a biografia da Claudia Leitte que vai sair com dinheiro público? E os dois sóis que apareceram sei-lá-onde? E o corpo de sereia que amanheceu em uma praia em sei-lá-das-quantas? Será que é sério?

dedo
Extra, extra! Dentista teve o dedo amputado por mordida de criança? – Fonte: e-farsas

Vira e mexe recebo emails muito legais de um amigo e ex-aluno meu com alguma história mirabolante. Ele faz questão de escrever no corpo do email que não sabe se é verdade, mas está compartilhando – porque vai que alguém sabe mais informações e pode ajudar a sanar a dúvida, ou esclarecer alguma coisa, né. Ele costuma me chamar de Sherlock Holmes porque invariavelmente envio uma resposta pra ele dizendo se é FATO ou BOATO.

 

 

S2E3_ready-or-not-here-i-come-600x337
Extra, extra! Dentista teve o dedo amputado por mordida de criança? – Fonte: e-farsas

Além de fazer aquela pesquisa básica no São Google, gosto de verificar o site e-farsas.com. Ele é atualizado constantemente e mostra até o histórico do fato ou boato: quando surgiu a primeira versão da história, qual foi a repercussão, se é verdade mesmo ou mentira… Ontem conheci outro site com o mesmo propósito chamado boatos.org . Foi lá que li a respeito do lance do golfinho. Pelo que consta, o pobrezinho já estava morto quando foi retirado da água e passou por sessões fotográficas de natureza morta com os banhistas.

Continua horrível, mas pelo menos não mataram o bicho pra depois tirar fotos.

Estas epidemias têm se alastrado também pelo Whastapp. Há alguns meses, me mandaram mensagem de voz dizendo que ocorreria uma guerra na Amazônia, e que era pra todo mundo tirar o dinheiro das poupanças bancárias porque iam confiscar tudo… Obviamente, BOATO.

Então, amiguinhos, vamos aprender a pesquisar a fonte da informação. É confiável? É verídico mesmo? Já pesquisou no Google e não teve nada dizendo que era boato? Foi no e-farsas e/ou boatos.org pra confirmar? Aí depois a gente divulga.

De qualquer forma, eu aguardo ansiosamente pelo dia em que o Grande Meteoro/Asteróide/Planeta da Destruição virá aniquilar a raça humana. É, tem dias que estou assim.